menu

TCE/SC apresenta levantamento do abandono escolar nos municípios catarinenses durante a pandemia

ter, 07/12/2021 - 17:44

VINHETA TCE INFORMA 
 
 
(OUÇA
 

LOCUTOR: Cerca de 8 mil e 700 alunos catarinenses abandonaram a sala de aula em 2021. Se levada em consideração a evasão escolar total, os números sobem para 13 mil e 700 alunos.

Esse é o resultado de um levantamento feito pela Diretoria de Atividades Especiais (DAE), do Tribunal de Contas de Santa Catarina (SC), que foi apresentado em uma live no canal do YouTube da União Nacional de Dirigentes Municipais de Educação, a Undime, no dia 30 de novembro.

O estudo verificou a situação de matriculados em creches, pré-escola, ensinos fundamental e médio e Educação de Jovens e Adultos, de acordo com informações prestadas pelos 295 municípios catarinenses, e mostrou que a pandemia de covid-19 causou sérios danos à educação pública.

A exposição do raio-X do abandono escolar durante a pandemia foi realizada pelo conselheiro substituto do TCE/SC e coordenador do Projeto TCE Educação, Gerson dos Santos Sicca.

O resultado do levantamento considerou a evasão e o abandono escolar, retorno 100% presencial, avaliação diagnóstica e recuperação da aprendizagem e os programas educacionais desenvolvidos pelos municípios.

O relatório mostra que 196 municípios têm decreto para o retorno às aulas presenciais e que 273 municípios estão com 100% da educação infantil em modo presencial. No ensino fundamental, 285 estão com os anos iniciais totalmente presencial e 174 com os anos finais. Já no ensino médio, apenas 14 municípios estão 100% presencial e 75 municípios atuam com a Educação de Jovens e Adultos totalmente presencial.

Outros dados do levantamento mostram que 86% dos municípios realizaram avaliações para identificar lacunas de aprendizagem em razão da pandemia e 82% deles instituíram programas de recuperação de aprendizado.

Quase 86 mil alunos das redes municipais estão em regime híbrido, com parte do tempo na escola e parte do tempo em casa. 36 municípios implantaram estratégia de busca ativa do Unicef. Outros 130 utilizaram formulário próprio da busca ativa. 206 cidades catarinenses utilizaram o Sistema Apoia e 9 não apresentaram nenhuma estratégia de busca ativa. O estudo ainda revela que 97 municípios adotaram outras medidas para diminuir a taxa de evasão escolar em 2021.

O conselheiro Gerson Sicca ressaltou o trabalho colaborativo entre TCE/SC, Ministério Público de Contas (MPC/SC), Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e Undime, no mapeamento do processo de retomada das aulas presenciais.

(Sonora Gerson dos Santos Sicca)
Na verdade, nós estamos coroando um trabalho que vem caminhando há alguns anos, onde órgãos de controle e gestores procuram buscar soluções para problemas concretos para melhoria, de fato, da educação catarinense, não atuando apenas quando o problema já gerou consequências negativas. Durante a pandemia ficou muito evidente que esse diálogo que já vinha sendo construído, facilitou sobremaneira a obtenção de soluções, principalmente para o processo de retorno às aulas. E essa construção vem sendo feita há um bom tempo, na perspectiva de termos um regime de colaboração efetivo em constante aprimoramento, ele já vem surtindo efeitos muito importantes. Nós conseguimos identificar os pontos positivos, identificar aquilo que há necessidade de correção de rumos, mas sempre de uma forma dialogada e isso é muito relevante. 

LOCUTOR: No Brasil, segundo um relatório do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), somente no primeiro ano da pandemia, pelos menos 172 mil alunos, de 6 a 17 anos, abandonaram ou deixaram de frequentar as escolas, aumentando para 12% o índice de crianças e adolescentes fora da sala de aula no país. Outra pesquisa revela que a evasão escolar aumentou 171% nesses dois anos de pandemia.

Os dados catarinenses que integram o levantamento do TCE/SC sobre o abandono escolar durante a pandemia serão inseridos nos Painéis de Acompanhamento dos Planos de Educação e estarão à disposição dos gestores públicos para o desenvolvimento de ações para o ano letivo de 2022.

VINHETA TCE INFORMOU

Tempo: 04’46”

Áudio
Autor
Agência TCE/SC
Publicações
Sessões e eventos

Destaques
Rádio TCE/SC