menu

Instituto de Contas (Icon)

Criado pela Lei Complementar nº 202/2000, o Instituto de Contas (Icon), escola de governo do Tribunal de Contas de Santa Catarina, promove o aperfeiçoamento dos servidores do TCE/SC e das unidades jurisdicionadas e de profissionais de entidades sem fins lucrativos que desempenhem atividades correlatas ao controle da administração pública.

Também é responsável pelo fomento à produção intelectual e ao controle social e institucional, visando à constante melhoria da gestão pública.

Missão

"Promover o desenvolvimento e a excelência na qualificação e no aperfeiçoamento de profissionais nas áreas de interesse do Tribunal de Contas."

Educação corporativa

Por meio da educação corporativa, o TCE/SC cumpre seu papel pedagógico. Orienta e informa sobre os procedimentos e as melhores práticas de gestão, mediante ações educacionais, eventos científicos e publicações.

Os programas, projetos e ações educacionais são realizados de forma sistemática e ininterrupta, como as etapas do Ciclo de Estudos de Controle Público da Administração Municipal. A disseminação do conhecimento busca estimular as competências dos servidores do TCE/SC e dos gestores dos órgãos fiscalizados.

Plano anual de capacitação
Programados
Realizados
Meus eventos
Certificados
Acervo multimídia 

Pós-graduação

Em 2013, o TCE/SC obteve o credenciamento do Conselho Estadual de Educação para atuar como Escola de Governo, com capacidade de ofertar cursos de pós-graduação lato sensu para servidores do Tribunal e para gestores públicos do Estado.

As ações voltadas ao aperfeiçoamento profissional de servidores do TCE/SC, seja em nível de especialização, mestrado ou de doutorado, são ofertadas a partir da cooperação com unidades de ensino do Estado ou por iniciativa própria do Tribunal.

Especialização TCE/SC
Especialização ENA

Interação

Por meio do programa TCE Sociedade, são realizadas iniciativas para fortalecer a interação permanente e progressiva da Instituição com representantes de organizações civis, estudantes, conselheiros municipais, agentes públicos e outros segmentos dos seus públicos estratégicos.

O objetivo é ampliar a interação com a sociedade catarinense e estimular o controle social, em favor de melhores resultados na fiscalização dos gastos e na gestão dos recursos públicos.

Segundo a Portaria N. TC-626/2015, o programa é desenvolvido por meio de três ações principais: Portas Abertas, TCE na Escola e Cidadania Ativa.

Ação Portas Abertas

Criada em 2006, a ação Portas Abertas abre espaço para a aproximação do Tribunal com instituições de ensino do Estado, oportunidade em que são proferidas palestras sobre as atribuições do TCE/SC.

Para agendar sua participação no Portas Abertas, envie, por e-mail, ofício com informações sobre instituição de ensino, curso, disciplina, série/fase, professor responsável e número de alunos.

Ação TCE na Escola

Criada em 2010, a ação TCE na Escola tem como objetivo fomentar o interesse das novas gerações por fiscalizar o uso dos recursos entregues aos governos na forma de impostos.

2017
2014
2013
2010

Ação Cidadania Ativa

A ação Cidadania Ativa tem como principal objetivo formar novos atores para a operação do controle social, por meio da integração com o controle externo, exercido pelo TCE/SC. As atividades consistem na realização de eventos para transferência de conhecimentos e informações sobre o funcionamento da administração pública e os resultados da fiscalização das contas públicas.

Supervisores
Fale com Icon

Fone: |48| 3221-3890
E-mail: icon@tcesc.tc.br
Horário de Atendimento: 13 às 19h, de segunda a sexta-feira
Endereço: rua Bulcão Viana, 90, 1°andar do Bloco B, Centro, Caixa Postal 733, CEP 88020-160, Florianópolis (SC)

Biblioteca

A Biblioteca Conselheiro Nereu Corrêa funciona desde a instalação do TCE/SC, em fevereiro de 1956. Seu nome é uma homenagem ao conselheiro Nereu Corrêa. O acervo conta com mais de 11.000 volumes que tratam de Controle Externo; Direito Administrativo, Constitucional e Tributário; Administração Pública; Licitações; Contabilidade; Orçamento Público; Auditoria; Responsabilidade Fiscal; Ética; e Corrupção.

Em 2002, foi criado um setor dedicado a autores e temas de Santa Catarina, além de produções do próprio TCE/SC. O espaço recebeu o nome do editor Odilon Lunardelli, grande incentivador da literatura catarinense.

A constante ampliação do acervo e a qualidade dos serviços oferecidos são as diretrizes da biblioteca.

Nereu Corrêa

O nome da biblioteca é uma homenagem do TCE/SC ao conselheiro Nereu Corrêa (1914-1992), nascido em Tubarão (SC). Professor de língua portuguesa no Instituto Estadual de Educação. Crítico literário, colaborou com artigos em suplementos dos jornais O Estado de S. Paulo e Correio do Povo, de Porto Alegre. Escreveu vários estudos sobre Euclides da Cunha, Cruz e Sousa, Luiz Delfino, Paulo Setúbal, Cassiano Ricardo, entre outros, mostrando ser um meticuloso analista de textos.

Membro da Academia Catarinense de Letras desde 1960, fundou a cadeira nº 40 e presidiu a entidade em 1965. Secretário particular no governo Irineu Bornhausen, foi nomeado juiz do TCE/SC, em 26/1/1956, pelo então governador. Foi vice-presidente no período de 2/1/1962 a 2/1/1964. Aposentou-se em 17/9/1973. Faleceu em 1992.

O que faz

A biblioteca realiza empréstimos, faz reservas e permite consultas físicas e virtuais ao acervo, por meio de sistemas de informação inteligentes. Também mantém um intercâmbio constante com outras bibliotecas para a ampliação de pesquisas.

O trabalho consiste em apoiar conselheiros, conselheiros-substitutos e servidores na realização de suas atribuições constitucionais e legais.

Além disto, a biblioteca conta com um ambiente virtual rico em conteúdos disponíveis ao público externo, tendo como prioridade a comunidade acadêmica.

Missão

"Oferecer informação em doutrina, legislação e jurisprudência necessárias à atividade judicante e administrativa do Tribunal."

Visão

"Processar informação e produzir conhecimento."

Acervo

Formado por mais de 11.000 volumes, o acervo é composto por livros, enciclopédias, folhetos, periódicos e mídias digitais. Há também um ambiente virtual, com diversas obras disponíveis para downloads, inclusive no formato e-book.

A biblioteca conta com um sistema de gerenciamento eletrônico para consultas, empréstimos, renovações e sugestões de aquisições. As pesquisas podem ser realizadas a partir do título, autor, assunto ou da editora. O sistema de buscas permite saber se determinada obra integra o acervo, facilitando o trabalho de pesquisadores e estudantes interessados em fazer consultas na sede do TCE/SC.

Reservas online e empréstimos são possíveis apenas ao público interno do TCE/SC. 

Coleções
Consulta ao acervo

Saiba mais:

Links
Fale com a Biblioteca

Publicações
Sessão

Destaques
Rádio TCE/SC