menu

Centro Educacional do extremo oeste é exemplo no corpo docente na série “Educação que dá certo”

seg, 30/01/2023 - 17:35

VINHETA TCE INFORMA 
 

(OUÇA
 
LOCUTOR: Em 2022, o Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCESC) viajou pelo Estado para mostrar escolas que são referência em boas práticas na educação. O Tribunal visitou escolas que se destacam na condução do ensino médio integral, corpo docente, proficiência, inovação e sustentabilidade. O trabalho realizado nas cidades de Anchieta, Salto Veloso, Brusque, Joinville e Florianópolis gerou uma série de 5 reportagens denominada “Educação que dá Certo”.  

Os técnicos do TCE/SC encontraram histórias que mostram como o comprometimento com o ensino pode transformar o futuro de crianças e adolescentes. Nesta reportagem vamos falar do pequeno município de Anchieta, que é referência na condução do corpo docente, item essencial em qualquer escola.  

O município de Anchieta está localizado no extremo oeste do Estado, a 700 quilômetros da capital, Florianópolis. Tem cerca de 6 mil habitantes. A agropecuária e a prestação de serviços são as principais atividades econômicas. 

No Centro Municipal de Educação Fundamental os técnicos do TCE encontraram um trabalho importante de valorização dos professores. Uma iniciativa que acaba refletindo na satisfação dos alunos. 

(sonora Gabriela Vaz Lago) 
Meu nome é Gabriela, tenho 14 anos e eu  estudo nessa escola faz 9 anos. Como eu estudo aqui desde pequeninha eu me sinto muito em casa e vou levar isso tudo para a vida, vou contar para minhas futuras gerações. 

Locutor: Gabriela Vaz Lago tem 14 anos e está entre os mais de 30 alunos da escola. O que contribui para esse sentimento é o fato de a maioria dos professores lecionar há tempo no Centro de Educação Fundamental. Nos anos finais, do sexto ao nono anos, todos os docentes são efetivos. Dario Signor é professor de língua portuguesa da escola no município de Anchieta e testemunha que o tempo em sala de aula é levado a sério.  

(Sonora Dario Signor) 
Quando o grupo fica coeso, todos os professores concursados e efetivos na rede, o trabalho rende mais, há um compromisso com a educação, com o rendimento. Ano após ano, sou eu o professor de língua portuguesa, eu sei, ninguém me disse: “Ó, os alunos tiveram isso ou deixaram de ter”. Eu tenho certeza daquilo que os alunos precisam aprender. Eu gosto de aproveitar todos os minutos porque eu tenho compromisso com aquilo que eles precisam realmente aprender. E querendo ou não a língua portuguesa tem um peso muito importante.

Locutor: Não é diferente nas aulas de matemática. Em 2019 o município foi homenageado pelo bom desempenho dos alunos na Olimpíada Brasileira de Matemática, a OBMEP. Os professores recebem 80 horas de formação continuada por ano. Além disso, a qualificação do corpo docente é primordial. Isso tudo reflete no aprendizado, o que orgulha a orientadora educacional Claudete Junges 

(Sonora Claudete Junges)
A formação inicial do profissional da educação é fundamental no processo educativo. Nós temos todos os professores dos anos finais com pós-graduação e um professor cursando mestrado. Eles conhecem os estudantes, conhecem as famílias, a realidade do município, estão comprometidos com a aprendizagem dos estudantes. Ajudaram a construir a proposta pedagógica, a base curricular que a escola segue.

Locutor: No último IDEB, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, divulgado em 2020, os anos finais da escola obtiveram nota 7, o 1º lugar em Santa Catarina e 4º no país. O comprometimento dos professores do Centro de Educação Fundamental de Anchieta deixa a diretora do educandário, Andreia de Souza, satisfeita.   

(Sonora Andreia de Souza)
É um grupo comprometido, que está a todo momento ajudando a gente a enfrentar os desafios do dia a dia. 

Locutor: Qualificação e comprometimento dos professores. Condições que refletem diretamente no aprendizado e na vida dos estudantes. Alunos como Otávio de Brito, de 14 anos.

(Sonora Otávio de Brito)
E os professores serem qualificados, e os professores terem vontade de trabalhar, de estarem aqui e incentivar de maneira positiva a vida dos estudantes é fundamental para o enriquecimento pessoal dos alunos que aqui estudam. A gente cresce tendo um relacionamento muito próximo, né? Ele me viu crescer e viu meus colegas de turma crescerem.

Locutor: A grade curricular da escola contempla além do inglês, como língua estrangeira, o espanhol.  A professora Liliane Lenhardt é a responsável pelas aulas de espanhol. No 6º ano, os alunos realizam intercâmbio com uma escola de Posadas, na Argentina, e no 9º ano vão para o Uruguai. A turma que está se preparando para a viagem conta com as boas dicas da professora. 

(Sonora Liliana Lenhardt)
Vamos conhecer a cultura, que mais vamos conhecer? A história, as ideias. Comida...vamos conversar com as pessoas. Nosso município aqui, nós temos empresas que trabalham com comércio exterior. Então, a escola dá essa oportunidade também de vocês estarem pensando no futuro de vocês.

Locutor: O aluno Otávio de Brito e toda a turma vão levar com eles muita coisa da escola, seja para a viagem ao Uruguai seja para a vida 

(Sonora Otávio de Brito)
O ser humano que eu serei, o homem que eu serei no futuro será muito por conta dos aprendizados aqui nessa escola.

Locutor: O Centro de Educação Fundamental do município de Anchieta é um exemplo na condução do corpo docente. Uma prova de que as boas práticas na educação geram bons resultados. Você pode acompanhar a série Educação que dá certo no canal do YouTube do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC).  

VINHETA TCE INFORMOU

Tempo: 06’00”
 

Autor
Agência TCE/SC
Sessões e eventos

Conteúdo bloqueado pelo usuário
Cookies de terceiros negado.

Gerenciar Cookies

Destaques
Rádio TCE/SC